top of page
Buscar
  • Foto do escritorcarvalhobatistaadv

Aposentadoria negada pelo INSS. Descubra o que fazer.


Uma negativa de aposentadoria por parte do INSS pode ser frustrante e confusa, mas saiba que você não está sozinho nessa jornada, é mais comum do que se imagina.


Quando o INSS nega um pedido de aposentadoria, existem três soluções fundamentais para contestar essa decisão e garantir o que é seu por direito.


Vamos explorar essas estratégias a seguir, no entanto, o primeiro passo é sempre ver qual foi o motivo do indeferimento do pedido. A justificativa do INSS é o pontapé inicial para entender qual será o melhor caminho.


E claro, se a decisao do INSS estiver muito complicada, procure sempre um advogado capacitado para te explicar melhor, ou ligue para os canais oficiais da previdência social.


Agora vamos às estratégias para reverter a negativa da sua aposentadoria: 💼📋


1️⃣ Recurso Administrativo: A primeira alternativa que é sempre avaliada é o recurso administrativo. Esse recurso é uma contestação contra a decisão do INSS, protocolada na própria previdência em até 30 dias após o indeferimento do benefício. Trata-se de um processo interno em que você apresenta seus argumentos e a documentação adicional para reavaliar a decisão. Essa etapa é, muitas vezes, importantíssima para corrigir qualquer erro que tenha ocorrido no pedido inicial da aposentadoria.


2️⃣ Ação Judicial: Em outras situações, o ideal é recorrer à justiça, através de uma ação judicial. É o caso, por exemplo, de aposentadorias que não vem sendo reconhecidas pelo INSS. Um exemplo disso é a aposentadoria dos vigilantes, que precisa passaar pela análise da justiça para ser bem sucedida. O lado bom é que em algumas regiões o processo judicial pode demorar menos que o recurso administrativo do INSS. Por outro lado, tem cidades em que o Recurso ao INSS pode ser mais vantajoso.


3️⃣ Novo Requerimento: Às vezes, erros simples ou falta de documentos podem ter contribuído para uma negativa de aposentadoria. Nesse caso, uma solução viável é apresentar um novo requerimento ao INSS, corrigindo quaisquer falhas anteriores. Isso pode agilizar o processo e resultar na aprovação do seu pedido. Essa é uma excelente alternativa, já que é uma oportunidade de corrigir qualquer tipo de informação errada que tenha sido informada no pedido anterior, além de que fazer um novo requerimento não vai te impedir de discutir o indeferimento anterior.


Isso porque é permitido fazer um novo pedido ao mesmo tempo em que apresenta uma ação judicial para discutir a primeira decisão negativa do INSS.


Veja que em muitos casos, o INSS nega a aposentadoria mesmo que você tenha comprovado o seu direito de estar aposentado. Nessa situação, ainda que você faça um novo pedido, não deve abrir mão de todos os meses de benefíciio que não foram pagos pelo erro da análise do INSS.


Ou seja, é comum que seja necessário rediscutir a decisão antiga para garantir o pagamento de todos os atrasados, isto é, o pagamento dos valores a que você teria direito se tivesse sido aposentado no dia correto.


Ficou com dúvidas? Realmente são muitas opções para reverter o indeferimento, e cada caso é um caso.


Entendemos que é essencial contar com a orientação de um advogado previdenciário para determinar a melhor estratégia a ser adotada em seu caso específico.🏼📄


Por isso, não abra mão de seus direitos, e converse com um profissional capacitado.


32 visualizações0 comentário

Коментарі


Design sem nome (1).png
Design sem nome (1).png
bottom of page